×
Home
FocoNews
Clássico Rei
Carro e Campo
Mosaico
Fatos e Notas
Especial Foco
Acontece RN
RN em Foco
Espaço GEEK
Edições
Anuncie aqui
Fale conosco









#Acontece
RN

Governo entrega novos veículos à Polícia PenalVeículos vão melhorar a qualidade da prestação dos serviços dos policiais penais

O Governo do Estado entregou nesta quinta-feira (20), em solenidade no Centro Administrativo, 14 novas caminhonetes tipo cela para a Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), num investimento de R$ 2,1 milhões, através de convênio com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Os veículos vão melhorar a qualidade da prestação dos serviços dos policiais penais e a segurança do sistema prisional do Rio Grande do Norte.

A governadora Fátima Bezerra destacou os investimentos realizados na atual gestão que levaram o sistema penitenciário a se tornar mais seguro e controlado. “Vamos continuar nesta marcha, investindo cada vez mais para melhorar a segurança pública”, disse.

Os veículos tipo Mitsubishi Triton são equipados com iluminação intermitente, sirene e tem capacidade para transportar até seis presos em cela humanizada. A maior parte da frota será destinada ao Grupo de Escolta Penal (GEP), responsável pelo transporte de presos às audiências judiciais, hospitais e ações que envolvem o trabalho prisional. A Seap recebeu recentemente um ônibus e cinco micro-ônibus, avaliados em R$ 1,3 milhão, adequados para o transporte de presos.

A Seap também está aparelhando os alojamentos dos policiais nas unidades prisionais, equipando-os com 69 aparelhos de ar-condicionado, 144 beliches e colchões, além de 20 geladeiras. "Temos investido no bem-estar do servidor, reformando e agora equipando os alojamentos, para dar mais dignidade e condições de trabalho à categoria", disse o secretário da Seap, Pedro Florêncio.

A Polícia Penal tem avanço na atual gestão. Há dois anos, a pasta contava com apenas 25 rádios analógicos emprestados da Polícia Militar. Hoje, conta com 321 aparelhos digitais de última geração com criptografia de nível militar. A vigilância dos presídios também melhorou. Há dois anos, o sistema prisional tinha apenas 188 câmeras em todas as unidades. A atual gestão chegou a 418 equipamentos. Agora, através do projeto de segurança eletrônica, chegará a 1.318 câmeras com inteligência artificial. O investimento é de R$ 7,6 milhões.

O secretário Pedro Florêncio lembrou que a Seap também investiu em equipamentos de bodyscam (scanner corporal de raios-x) para todas as unidades do Rio Grande do Norte, aumentando a segurança e dando dignidade ao servidor e aos visitantes dos internos.

Estiveram presentes na solenidade o vice-governador Antenor Roberto; a secretária Adjunta da Seap, Ivanilma Carla; o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Araújo; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo; a delegada-geral da Polícia Civil, Ana Cláudia; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Monteiro; e o deputado estadual Ubaldo Fernandes, além dos efetivos da Seap.


(Foto: Assessoria)
RN terá crescimento de 60% dos voos da Latam em julhoDe julho a setembro deste ano, o Aeroporto Internacional Aluísio Alves receberá 743 voos, o que somado gera uma média de 38 mil assentos

O Rio Grande do Norte terá um crescimento de 60% no número de voos da Latam a partir do mês de julho. A previsão foi garantida pela companhia aérea Latam Airlines em reunião, na quarta-feira (9), com a Secretaria de Turismo do RN e a Empresa Potiguar de Promoção Turística. Ao todo, serão nove voos operando todos os dias entre os principais mercados emissores do estado.

De julho a setembro deste ano, o Aeroporto Internacional Aluísio Alves receberá 743 voos, o que somado gera uma média de 38 mil assentos, com frequências diárias de quatro voos vindos de Guarulhos, um voo de Congonhas, duas chegadas oriundas de Brasília e dois voos do Rio de Janeiro. A expectativa é retomar 90% da malha aérea de antes da pandemia até dezembro de 2021.
Para a secretária de turismo do RN, Aninha Costa, a notícia é um ânimo a mais para o setor. “A maior oferta de voos significa mais competitividade para o destino, a Setur e a Emprotur acompanham de perto esse mercado e estamos colhendo os frutos do trabalho de promoção e relacionamento realizado a longo prazo“, ressaltou.
Participaram da reunião virtual: representando o Governo do Estado, a titular da pasta do turismo do RN, Aninha Costa; o diretor-presidente da Emprotur, Bruno Reis e o gerente do setor de inteligência da Emprotur, Leonardo Seabra. O time da Latam era composto por Lígia Sato, coordenadora sênior de relações Institucionais e sustentabilidade; Aline Fregnani, cobranding and sponsorship coordinator; Cezar Augusto Miquelof, planejamento tributário; Letícia Pimentel, gerente tributária e Tatiane Viana, gerente de assuntos regulatórios.

 


(Foto: Inframerica)
Contas do Estado apresenta superávit em 2020O Governo recebeu em transferência da União R$ 1,8 bilhão em 2020

Apesar da crise sanitária provocada pela pandemia da Covid-19 e da dívida bilionária herdada da gestão anterior, o governo da professora Fátima Bezerra chegou ao final do segundo ano de mandato com avanços significativos na correção das finanças do Estado do Rio Grande do Norte. E fez isso ampliando os investimentos em saúde, na segurança e na educação, as pastas contempladas com mais recursos no ano passado. Levando em conta as despesas liquidadas, foram R$1,61 bilhão na Saúde, R$1,36 bilhão na educação e R$1,02 bilhão na segurança pública.

Esses números foram apresentados pela governadora nesta segunda-feira (05), em reunião virtual com os secretários estaduais e dirigentes das empresas da administração indireta, antes de encaminhar a prestação de contas do governo, referente a 2020, à Assembleia Legislativa. O Balanço Geral do Estado aponta que o Governo concluiu o exercício financeiro de 2020 com um saldo orçamentário de R$177,6 milhões. Esse saldo é a diferença entre as receitas arrecadadas no ano e o comprometimento com despesas por meio de empenhos.

Na mensagem de prestação de contas, a governadora Fátima Bezerra lembrou que iniciou o exercício de 2020 com a expectativa de evoluir no equilíbrio das contas públicas e avançar no desenvolvimento dos projetos nas áreas econômica e social.  “O que não estava previsto era enfrentarmos uma pandemia que matou milhares de brasileiros e arrasou a economia nacional”, lamentou. Frente a isso, explicou que passou a priorizar “os nossos melhores esforços para proteger a saúde e a vida do cidadão potiguar”.

Apesar de todas as dificuldades, o Governo do Rio Grande do Norte conseguiu avançar em várias áreas, ponderou Fátima Bezerra, afirmando que é com o sentimento do dever cumprido que entrega a sua prestação de contas: “um ano em que, além de administrar o colapso financeiro herdado, tivemos de gerenciar também uma grave crise sanitária. Mas isso tudo não nos impediu de, com muito trabalho e uma gestão pautada na responsabilidade fiscal, honrar o pagamento dos servidores em dia e ainda quitar a folha atrasada de novembro de 2018”, destacou.

Na reunião em que elogiou o compromisso e a responsabilidade da equipe de governo com o equilíbrio das finanças, Fatima pontuou que o Governo do RN, enquanto investia na instalação de novos leitos para salvar a vida dos pacientes com Covid, atuava em outras frentes para manter empregos e garantir renda à população. Assim, foi fortalecida a agricultura familiar e criados programas como o RN Mais Protegido para confecção de máscaras, garantindo o emprego de milhares de pessoas nas oficinas de costura. “Mexeu muito com meu coração, porque esse programa permitiu associar a medida sanitária, que era o uso da máscara, com a necessidade de manter os empregos no Rio Grande do Norte”, afirmou a governadora, destacando as parcerias com a iniciativa privada e com os demais poderes.

No exercício de 2020 o Governo do RN arrecadou R$ 14,3 bilhões (não computando as receitas intraorçamentárias por não se constituir recursos efetivos de caixa) se financiando 85,9 % com recursos próprios, tendo como principal fonte a arrecadação do ICMS pela Secretaria de Estado da Tributação. Foram R$ 12,2 bilhões arrecadados diretamente ou por repartição de constitucional de receitas: R$ 7,4 bilhões de impostos (ICMS, IPVA, ITCD e IR dos seus servidores) e taxas de sua competência, R$ 534 milhões de contribuição previdenciária do servidor e R$ 3,8 bilhões de participação nas receitas da União. Anotou-se ainda R$ 147,9 milhões em royalties.   

O Governo recebeu em transferência da União R$ 1,8 bilhão em 2020, sendo R$ 1,1 bilhão em decorrência direta da pandemia do coronavírus e o resto por meio de recursos de convênios, emendas parlamentares obrigatórias e transferências para complementar os gastos com saúde, educação e de segurança pública. 

Da arrecadação bruta, o governo estadual devolveu aos municípios, a título de participação na arrecadação dos impostos de sua competência, R$ 1,6 bilhão e além disso complementou o gasto com educação dos municípios do Rio Grande do Norte em R$ 800,9 milhões, por meio do Fundeb. Após as deduções, o Executivo estadual dispôs em 2020 de R$ 11,86 bilhões, correspondente a 82,9% da sua receita total (sem computar a intraorçamentária).


(Foto: Emanuel Amaral/Tribuna do Norte)
Emater-RN realiza incentivo à cultura do arroz vermelhoOs trabalhos envolvem uma equipe multidisciplinar da regional da Emater-RN de Mossoró e dos escritórios locais que compõem essa regional.

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através da Emater-RN e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), está conduzindo um projeto de fortalecimento da cultura do arroz vermelho, seja para produção, com acompanhamento técnico do plantio, e para consumo, através do melhor aproveitamento dos grãos.

Os trabalhos envolvem uma equipe multidisciplinar da regional da Emater-RN de Mossoró e dos escritórios locais que compõem essa regional. O projeto foi iniciado em 2013 e está sendo reformulado, agora com atividades voltadas para os aspectos nutricionais e gastronômicos.

A cultura do arroz vermelho, ou arroz da terra, tem importância econômica  para vários municípios da região oeste do estado, envolvendo em Apodi, por exemplo, a participação de cerca de 300 famílias, com uma produção que chegou a 863 toneladas em 2019 e contribuiu com 10% do PIB do município, injetando aproximadamente R$ 30 milhões.

Os extensionistas Alexandre Dantas (gastrólogo) e Leila Paiva (nutricionista), desenvolveram algumas receitas a base de arroz vermelho, tais como: risoto sertanejo de arroz vermelho com carne de sol e banana caramelizada, cookies de arroz vermelho com banana e coco e, mais recentemente, o bolo de arroz vermelho com especiarias. 

A proposta é apresentar essas novas formas de preparo através de oficinas técnicas, visitas e seminários virtuais (webnários). Ao final do projeto, os técnicos planejam, através da Emater-RN, desenvolver e publicar uma cartilha didática de  oito receitas autorais, tendo o arroz vermelho como o insumo principal, combinado com outros ingredientes regionais.


(Foto: Assessoria)
Anunciados concursos para ITEP e Polícia MilitarSerão contratados 276 servidores para o Itep e 211 para oficiais da Polícia Militar (PM)

O Governo do Rio Grande do Norte vai realizar concurso público para contratar 276 servidores para o Instituto Técnico e Científico de Perícia (Itep). A governadora Fátima Bezerra autorizou, no início da tarde desta segunda-feira, 1º de fevereiro, a contratação da banca examinadora para o certame, o Instituto AOCP. A autorização veio acompanhada do anúncio de outro concurso que prevê 211 vagas para oficiais da Polícia Militar (PM). "Estamos anunciando novas ações para melhorar a segurança pública e estabelecendo um marco histórico: em pouco mais de dois anos estaremos contratando pessoal para renovar os quadros de todos os órgãos da segurança pública estadual", declarou a governadora.

Fátima Bezerra registrou que o Itep já foi contemplado com o Plano de Carreiras, Cargos e Salários, outra reivindicação antiga dos servidores, e a polícia civil já teve autorizada a realização de concurso. A governadora destacou que estas ações se somam a outras já consolidadas ou em curso como a contratação de 1.022 policiais militares, a realização do curso de formação para contratar mais 360 policiais militares, a incorporação de 332 novos bombeiros militares, além da convocação de 82 policiais penais. “Isso significa o esforço e a preocupação do Governo do Estado com a segurança da população e também em garantir tranquilidade para a sociedade, como um todo, viver e trabalhar em segurança", ressaltou.

O diretor do Itep, Marcos Dantas, disse que o concurso "é mais uma grande conquista porque vai sanar a deficiência de pessoal em Natal e no interior. Esse concurso contempla metade do quadro de pessoal do Itep previsto em lei". Coordenadora do Sindicato dos servidores do Itep (Sinditep), Rosely da Silva Costa afirmou que o concurso é a consolidação de uma reivindicação esperada há muitos anos e que vai melhorar muito os serviços prestados". Para Fábio Menezes, presidente do Sindicato dos Peritos, "a decisão em realizar o concurso é um marco histórico que vai trazer resultados positivos para a população do RN".

 

Também presente ao anúncio, na sede da governadoria, o vice-governador Antenor Roberto, que é procurador aposentado, destacou que em 38 anos como servidor público nunca viu uma administração contemplar todos os órgãos da segurança pública como agora. "Não há precedente na história do RN. As ações do atual governo são estratégicas e beneficiam toda a população proporcionando mais qualidade na segurança pública".

CONCURSO ITEP

- O concurso do Itep/RN terá um total de vagas de 276, distribuídas em sete cargos. Os salários variam de R$ 2.807,33 até R$ 7.440,00.

- A banca organizadora escolhida para o concurso foi o Instituto AOCP.

- Todo o processo foi acompanhado pelo Ministério Público.

- O último concurso ocorreu em 2018.

- O Itep tem sedes em Natal, Caicó, Mossoró e Pau dos Ferros.

- Atualmente, o Itep/RN tem cerca de 600 servidores. O número varia mensalmente de acordo com a saída de profissionais (aposentadorias, afastamentos, pedido de exoneração).


(Foto: Tribuna do Norte)
Cosern premia clientes com contas em diaA cada uma das seis rodadas, três pessoas são sorteadas pela Loteria Federal e ganham prêmios de, respectivamente, R$ 8 mil, R$ 4 mil e R$ 2 mil.

Mais três clientes da Cosern com as contas em dia foram premiados com R$ 8 mil, R$ 4 mil e R$ 2 mil no segundo sorteio da Promoção Energia para Recomeçar, ação criada em outubro de 2020 com a finalidade de ajudar os consumidores diante do cenário de crise motivado pela pandemia do Covid-19, além de estimular a adesão às novas formas de pagamento (fatura por e-mail e débito automático) digital da concessionária.

O cliente Sebastião Antônio foi um dos sorteados na 2ª edição e disse que está sem palavras. “Gostaria de agradecer a todos por este prêmio! Estou muito feliz e vou utilizar este dinheiro para ajustar muitas coisas dentro da minha casa! Agradeço primeiramente a Deus e a toda Cosern por este momento.”

Este foi o segundo de seis sorteios da Promoção Energia para Recomeçar. Os próximos serão realizados nos dias 30 de janeiro, 27 de fevereiro, 3 de abril e 1º de maio. No total, a promoção sorteará cerca de R$ 100 mil em prêmios para consumidores com as contas em dia.

“Criamos a promoção Energia para Recomeçar com o objetivo de auxiliar os clientes e estimular a reorganização financeira nesse momento da economia e estimular a adesão aos meios digitais. É uma ação importante para facilitar a vida dos consumidores e, além disso, premiá-los”, afirma Julio Giraldi, superintendente de Relacionamento com Cliente da Cosern

A cada uma das seis rodadas, três pessoas são sorteadas pela Loteria Federal e ganham prêmios de, respectivamente, R$ 8 mil, R$ 4 mil e R$ 2 mil. No sexto e último sorteio, só uma pessoa será sorteada e o prêmio chega a R$ 40 mil – valor equivalente a um carro popular.

Como participar

Apesar de já terem sido realizados dois sorteios, os clientes da Cosern com as faturas em dia ainda podem se inscrever e concorrer aos próximos prêmios. Para participar, basta acessar o site www.energiapararecomecar.com.br e efetuar o cadastro.

O consumidor que optar pelo recebimento da fatura por e-mail terá a bonificação de mais um número, o que aumenta a possibilidade de ser premiado. Receberá um terceiro número quem fizer o pagamento se cadastrando no débito automático e/ou utilizando internet banking ou a rede credenciada das distribuidoras.

Para aderir às formas de pagamento digital, que são revertidas em mais números da sorte e aumentam as chances de ganhar, os clientes podem acessar o site da Cosern (www.cosern.com.br) ou entrar em contato pelos canais de atendimento (116 e WhatsApp 3215-6001). Por esses meios, os consumidores também podem consultar quais são as lojas da rede credenciada.

A Neoenergia, empresa controladora da Cosern, fechou, ainda, uma parceria com a Magalu, e todos os consumidores cadastrados na promoção terão até 10% de desconto em compras online.


(Foto: Reprodução)
Produtores de orgânicos do RN fortalecem o mercadoAgricultores potiguares de orgânicos e gêneros agroecológicos criam uma associação para ampliar volume e ganhar força nesse mercado

O mercado de alimentos orgânicos no Brasil busca se reformular após os impactos da pandemia no consumo desses itens e refazer os cálculos de projeções de crescimento, estimado em 10% para este ano. No Rio Grande do Norte, o setor também busca novas estratégias para retomar o ritmo de vendas e conquistar mais consumidores desses gêneros, que movimentavam, até 2019, cerca de R$ 4,6 bilhões em todo o país. Uma dessas estratégias foi o associativismo. Liderado pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, um grupo de 30 produtores fundou a Associação dos Produtores e Produtoras do Estado do Rio Grande do Norte (Apoern), que reúne agricultores com certificação orgânica e também aqueles aspirantes ao título, mas que já atuam com produção agroecológica, além de revendedores desses produtos.

Segundo a gestora do projeto Desenvolvimento Setorial nos Territórios - Horticultura Orgânica do Sebrae-RN, Sergina Dantas, o principal desafio que a entidade terá pela frente é justamente buscar alternativas para ampliar a participação desses alimentos na rotina de consumo dos potiguares. "A pandemia do novo coronavírus inibiu a venda direta, devido à proibição de manter em funcionamento as feirinhas para não gerar aglomerações, e também brecou grande parte do fornecimento desses itens a redes de supermercados e mercadinhos, perda que a instituição do delivery como opção logística não conseguiu compensar", avalia Sergina.

Os produtores confirmam esse efeito negativo. “Fomos afetados pela pandemia como todos os demais segmentos. Felizmente como somos essenciais, não houve uma interrupção nas entregas. Mas ocorreu uma diminuição significativa na procura, principalmente em supermercados. Aumentou o delivery, mas não o suficiente para compensar a queda das vendas nas lojas”, avalia o presidente da Apoern, produtor Marcos Aurélio de Sena.

Essa retração, segundo Sena, está muito vinculada à fragilidade desse setor no estado. “O mercado potiguar de orgânicos não é muito forte, infelizmente. Tem melhorado muito ao longo das duas últimas décadas, mas ainda é um tanto inconstante. Clientes fiéis e conscientes são poucos em relação à nossa população”, analisa.

Marcos Aurélio tem propriedade para avaliar esse cenário, já que é um dos precursores da produção de orgânicos no Rio Grande do Norte. Sena é proprietário da Hortaviva, uma empresa que atua nesse mercado desde 1995, vendendo para clientes na região de Natal e também abastecendo outros estabelecimentos com diversos itens.

A união dos produtores em associação busca justamente fortalecer esse segmento e estimular a aquisição entre mais consumidores, que, por outro lado, reclamam da falta de opções de estabelecimentos, da regularidade do fornecimento dos produtos e também dos preços, que ainda são altos e se tornam inacessíveis à parcela de menor poder aquisitivo da população. Os produtores  acreditam que o aumento da oferta, aliado à conscientização acerca dos benefícios dos orgânicos, pode influenciar no aumento do consumo e, até, possível redução do custo.

“Em termos de ganho, as vantagens de estarmos reunidos em associação são inúmeras. Temos mais poder de negociação, tanto na venda dos nossos produtos, quanto na compra de insumos, pelo volume girado. Sozinhos somos fracos, juntos somos muito fortes”, reciocina Sena.


(Foto: Sebrae-RN)
ALRN pede atenção para fiscalização de falésiasA queda de parte de uma falésia é um processo comum da estrutura geológica e a cada ano tende a aumentar devido à subida do nível do mar

O acidente nas falésias da praia de Pipa, que vitimou uma família de três pessoas, provocou a deputada estadual Cristiane Dantas (SDD) a fazer o pedido para que seja intensificada a fiscalização das falésias do estado do Rio Grande do Norte. O caso ocorreu no dia 17 de novembro e teve repercussão nacional.

“As falésias em questão fazem parte da Área de Proteção Ambiental e é de responsabilidade dos Órgãos de proteção preservar a região, assim como fiscalizá-los. Considerando que as falésias de nossa região são muitas delas ocupadas por edificações e que a área de praia é comumente ocupada por banhistas, afigura-se imprescindível a instauração de procedimento específico que tenha por objetivo avaliar a adoção de medidas emergenciais efetivas para garantir a segurança das pessoas e a mitigação da ocorrência de eventuais novos deslizamentos”, argumentou.

A deputada ainda destacou que a queda de parte de uma falésia é um processo comum da estrutura geológica e a cada ano tende a aumentar devido à subida do nível do mar e processos de desgaste causados pela visitação.


(Foto: Reprodução)
Apagão do Amapá: energia volta em algumas regiõesHá regiões sem energia há cerca de 80 horas

O Ministério de Minas e Energia (MME) informou hoje (7) que o sistema elétrico de Macapá voltou a ser conectado à rede de Transmissão do Sistema Interligado Nacional (SIN), após terem sido concluídos os reparos em um dos transformadores da Subestação Macapá durante a madrugada. Com isso, segundo nota divulgada pela pasta, o retorno do fornecimento de energia será gradativo, “prezando pela segurança e confiabilidade do atendimento de energia elétrica aos consumidores”.

Segundo o governo do estado, no decorrer da manhã, a situação começou a se normalizar nas principais cidades do estado. Em Macapá, a maioria dos bairros já estava recebendo energia, bem como no segundo maior município, que é Santana. Os municípios localizados nos extremos do estado (Oiapoque e Laranjal) também começaram a receber energia. O governo estuda a possibilidade de adotar racionamento, com reativação e desligamento de energia a cada seis horas em todo o estado, até a normalização do fornecimento.

Por volta das 9h30, o ministro Bento Albuquerque iniciou reunião com agentes do setor elétrico visando ao restabelecimento da energia. “A eletricidade já começa a chegar na casa dos amapaenses”, informou o ministério.

Segundo a pasta, estão atendidos 80 MW de cargas, o que representa cerca de 33% da carga típica para o horário, de 240 MW. “A tomada de carga pela rede de distribuição é feita gradativamente, com necessidade de manobras em campo, levando um tempo natural para aumento da carga”, destaca a nota do ministério. 

Emergência

Neste sexta-feira (6), o governo do Amapá decretou situação de emergência devido ao apagão que deixou grande parte do estado às escuras desde a noite de terça-feira (3). Segundo o MME, 14 dos 16 municípios amapaenses foram afetados pela falta de energia elétrica.  De acordo com o governo local, 700 mil pessoas foram afetadas diretamente pelo apagão. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Amapá tem de 829.424 habitantes.


(Foto: Reprodução)
Reforço policial nas zonas rurais do Estado em pauta na ALEsse foi o teor da solicitação encaminhada pelo deputado José Dias (PSDB) ao Governo do Estado.

Adoção de providências para intensificação do patrulhamento ostensivo nas zonas rurais dos municípios potiguares, visando a preservação das pessoas e do patrimônio dos criadores e produtores agrícolas do Estado. Esse foi o teor da solicitação encaminhada pelo deputado José Dias (PSDB) ao Governo do Estado.

“Esse requerimento é essencial, diante do aumento no número de furtos e roubos nas áreas rurais dos nossos municípios. Isso acaba comprometendo enormemente a renda do produtor rural, pois o rebanho é o meio de sustento de muitas famílias”, justificou. 

Ainda segundo o parlamentar, é dever do governo estadual garantir esforços no combate à insegurança rural. “Portanto, fico aguardando o pronto atendimento deste pleito que é de suma importância para nossa população campestre”, frisou.

O documento será enviado ao Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) e do Comando Geral da Polícia Militar.


(Foto: Reprodução)
Estúdio Foco: 35 anos do Super Mario BrosMascote da Nintendo passou por várias mudanças e consolidou-se como ícone de uma indústria

Em 13 de setembro de 1985, o primeiro Super Mario Bros. foi lançado no Japão para o Famicom, mudando para sempre a cara da indústria de games. Poucos meses depois, quando chegou aos EUA junto com o Nintendo Entertainment System, o jogo revitalizou a indústria de jogos eletrônicos no país, colocando não só a Nintendo em uma força dominante durante quase uma década, como tornou o herói do game, o titular Mario, em um dos personagens mais reconhecidos em todo o planeta. Confira a conversa sobre os 35 anos de Mario Bros em mais uma edição do Estúdio Foco.


(Foto: Reuters)

RN lança plano de retomada do TurismoPlano lançado pela governadora Fátima Bezerra contou com contribuição do Sistema Fecomércio RN

O plano de retomada do setor turístico do Rio Grande do Norte, fortemente abalado pelos efeitos da pandemia do coronavírus, foi lançado na sexta-feira (2) pela governadora Fátima Bezerra em reunião que contou com as presenças de entidades ligadas ao trade e do presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.
O Plano trata de uma Segurança Sanitária básica tendo por objetivo oferecer diretrizes para o enfrentamento da Covid-19 na retomada da atividade turística. Seis fases são contempladas em um período previsto de dezoito meses.
O Senac RN, instituição vinculada ao Sistema Fecomércio, participa do plano na condição de facilitador por meio de uma metodologia de elaboração e gestão de projetos, e disponbilizando ferramentas de acompanhamento e medição de resultados.
“Foi diante de um cenário extremamente preocupante, que, ainda em maio deste ano, quando vivíamos o pico da Covid-19 no RN, o Sistema Fecomércio RN e o Sebrae se prontificaram como parceiros do Governo do RN na construção deste Plano. Nosso objetivo sempre foi contribuir e não medimos esforços para colaborar em ações e iniciativas que pudessem socorrer o setor do turismo, criando um grande e inédito diferencial para o nosso destino”, ressalta Marcelo Queiroz.
“O Senac criou três novos cursos online, que estão sendo ofertados mensalmente por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG). São cursos direcionados aos profissionais que atuam nos segmentos de hotelaria, alimentos e bebidas, serviços receptivos, áreas de visitação e eventos. Até o momento, já foram disponibilizadas 1.300 vagas gratuitas. Já o Sebrae ofereceu consultorias subsidiadas e suporte técnico aos empreendimentos", detalhou Queiroz.
A elaboração do documento partiu de iniciativa da pasta do Turismo estadual em parceria com o Sistema Fecomércio RN, Emproturn, Sindetur RN, ABIH-RN, Abrasel RN e Subisa-RN.
A governadora Fátima Bezerra destacou a relevância da iniciativa. “Eu quero parabenizar a Fecomércio e todas as entidades, por esse trabalho, feito em conjunto, nessa exitosa parceria. Sem dúvidas o Governo não conseguiria formular uma bússola tão consistente como esta que o Plano nos traz. Esperamos que a partir de agora consigamos retomar esse setor tão importante e, também para isso, a participação dessas entidades é fundamental, pois temos objetivos em comum: desenvolvimento para gerar emprego e renda no estado”, afirmou.


Plano de turismo é lançado pelo governo do RN (Foto: Fecomércio RN)
Movimentação no aeroporto de São Gonçalo cai 50%Essa redução impactou diretamente na arrecadação bruta do terminal aeroviário.

A pandemia do novo coronavírus e as consequentes medidas de isolamento social fizeram a movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, ao longo dos primeiros sete meses deste ano cair 50,26% ante mesmo período de 2019. Em números absolutos, o terminal movimentou 1.316.102 pessoas (entre passageiros domésticos e internacionais) de janeiro a julho de 2019 contra 654.621 no mesmo intervalo de tempo deste ano.

Essa redução impactou diretamente na arrecadação bruta do terminal aeroviário. No período analisado, a Inframerica, empresa que administra o empreendimento, deixou de arrecadar R$ 16,1 milhões em tarifas de embarque nacionais e internacionais conforme levantamento realizado pelo jornal Tribuna do Norte. 

Em nota, a Inframerica informa que “o aeroporto não repassa informações financeiras individuais, em atenção às regras de conformidade de mercado e do negócio” respondendo demanda encaminhada pela reportagem acerca da queda do valor arrecadado. A TRIBUNA DO NORTE somou os totais de passageiros movimentados de janeiro a julho de 2019 e também em 2020 e calculou pelas respectivas tarifas de embarque nacional e internacional, o que resultou no valor acima informado e que não foi contestado pela empresa administradora do sítio aeroviário.

Conforme a Inframerica, “a pandemia da Covid-19 impactou as operações aeroportuárias em todo o mundo, inclusive no terminal de Natal”. E destaca, que “a redução na movimentação de passageiros teve impacto no faturamento da concessionária que administra o aeroporto. Contudo, neste segundo semestre, já é possível notar uma retomada nos voos e no fluxo de passageiros. Em agosto, a expectativa é de aumento de 12,3% em relação ao mês de julho”. No portal do Aeroporto Int. Gov. Aluízio Alves não constam, ainda, informações sobre a movimentação no mês de agosto.

Cada um dos 5.478 passageiros internacionais transportados pelo terminal em referência de janeiro a julho deste ano pagou R$ 113,29 – o que resulta em um valor total de R$ 620.602,62. Os outros 649.143 passageiros domésticos pagaram, cada, R$ 23,87 por tarifa de embarque – o que resultou numa monta de R$ 14.495.043,41. Os valores das respectivas tarifas de embarque foram confirmados no portal da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac). A Inframerica reclama, junto à Anac, revisão dessas tarifas que considera baixas. Com informações da Tribuna do Norte.


(Foto: O Globo)
Morte de ator do Pantera Negra repercute no mundoA morte do ator Chadwick Boseman, protagonista do filme Pantera Negra tem repercussão global

Existe até um filme que diz que "a vida imita a arte", mas ocorre apenas o contrário desta afirmação. A arte sim é que imita a vida. A morte do arot Chadwick Boseman, aos 43 anos de idade, ocorrida nessa sexta-feira (28), após uma luta que se estendia por quatro anos contra o câncer, tem repercussãoi global por se tratar de um ator de Hollywood, mas também, e sobretudo, por ter sido o protagonista indestrutível em um filme de ação.

O filme Pantera Negra, feito pela Disney/Marvel, que alcançou grande bilheteria no mundo, teve Chadwick, que já estava fazendo quimioterapias e até cirurgias no período, em seu papel título. O "pantera negra", Chadwick Boseman, morreu em sua residência, na cidade de Los Angeles, no estado da Califórnia, ao lado de sua mulher e familiares.


Chadwick Boseman, o Pantera Negra (Foto: Comics1.com)
Estúdio Foco: jornalismo, internet e opiniãoA Foco Nordeste inicia um novo programa que une informação, opinião e crítica

Os jornalistas Isaías Paiva e Danilo Bezerra apresentam o novo programa da Foco Nordeste, o Estúdio Foco. Ele será transmitido pelo Facebook do portal. Confira a estreia! 


(Foto: Reprodução)

Patrimônio Histórico: a identidade e a cultura de um povoConhecer o nosso patrimônio histórico é fortalecer nosso pertencimento às raízes do contexto cultural de nossa terra

O termo patrimônio histórico cultural diz respeito a tudo aquilo que é produzido, material ou imaterialmente, pela cultura de determinada sociedade que, devido à sua importância cultural e científica em geral, deve ser preservado por representar uma riqueza cultural para a comunidade e para a humanidade. No Dia Nacional do Parimônio Histórico, o jornalista e historiador Marcus César Cavalcanti comenta sobre a importância da preservação e estudo destes bens para a sociedade. Confira o vídeo. 


(Foto: Canindé Soares)

Agosto: saiba como surgiu o dia do aniversário do RNO jornalista e historiador Marcus César Cavalcanti

O dia 7 de agosto é comemorado o aniversário do Rio Grande do Norte. Essa data marca o primeiro evento histórico do nosso Estado. O jornalista e historiador Marcus César Cavalcanti explica qual foi esse marco e lembra as outras datas importantes deste mês, como o dia da cultura, Confira no vídeo! 


(Foto: Reprodução)

Acordo levará internet de banda larga ao interior do RNSerão atendidas com tecnologia 4G as cidades que possuem o IDH abaixo da média nacional

A internet de banda larga com tecnologia 4G chegará a 350 municípios com menos de 30 mil habitantes e Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) abaixo da média nacional. Confira o comentário do jornalista Marcus César Cavalcanti sobre este plano, que benificiará cidades potiguares, como Lagoa Nova.

A implantação da infraestrutura faz parte do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Tim S.A. O termo permite que a empresa troque multas regulatórias por investimentos em telecomunicações.


(Foto: Reprodução)

Entrevista: Ambientes virtuais atrativos para o ensinoDavi Koshiyama, Mestre em UX Design, explica a importância de espaços virtuais atrativos

A importância da customização e otimização de ambientes digitais de aprendizagem em pauta. O Foco News Entrevista conversa com Davi Koshiyama, Mestre em UX Design, para enteder como estão as inovações em no ensino a distância e sua problemática diante a pandemia. A mediação é de Danilo Bezerra e Isaias Paiva.


(Foto: Reprodução)

FN Entrevista: O rádio potiguar em debateIsaías Paiva e Danilo Bezerra entrevistam o radialista Alexandre Henrique

Presente em 80% dos lares brasileiros, o rádio resiste ao tempo. Nossa conversa dessa semana é com o radialista Alexandre Henrique, que, além de trazer as histórias de sua profissão, discute a aualidade do rádio, novas plataformas e a importância da comunicação oral.


(Foto: Danilo Bezerra)
Professores levam material de estudo a alunos de LajesA escola adotou plataformas digitais e atividades impressas com foco na aprendizagem

A aprendizagem em tempos de pandemia requer inovação e o uso de todas as ferramentas disponíveis para que os estudantes possam dar continuidade aos estudos.  Com a suspensão das atividades presenciais nas unidades de ensino, medida de prevenção adotada pelo Governo do RN, os professores da Escola Estadual Pedro II, localizada em Lajes, pertencente a 8ª Diretoria Regional de Educação e Cultura (Angicos), adotaram uma metodologia de ensino que mescla ambientes virtuais e materiais didáticos entregues nas residências dos alunos. 

Envolvendo professores, gestão, equipe pedagógica, pais e alunos, a metodologia trata-se da realização de atividades contextualizadas sobre as implicações que o coronavírus traz nas áreas da saúde, educação e economia. Segundo a coordenadora pedagógica da escola, Irene Martins, os professores trabalham por meio de salas de aula virtuais, como a plataforma Classroom, da Google, além de grupos de WhatsApp, pelos quais os conteúdos e atividades são lançados, bem como plantões de orientação.

Ela também enfatiza a importância de alcançar os alunos que residem na zona rural de Angicos, sobretudo porque muitos destes não possuem acesso à internet para realização das atividades. “Aos que não têm acesso à internet fazemos a impressão das atividades com um guia de orientação explicativo para o aluno conseguir fazer sozinho, e vamos à zona rural entregar as atividades impressas, tomando sempre todos os cuidados e medidas de prevenção”, aponta a coordenadora. 

Ao todo, funcionam 13 turmas na escola com 385 alunos e ofertam o ensino médio regular e ensino técnico integrado, distribuídos nos três turnos. Para os alunos que residem no ambiente urbano, mas que não contam com internet em casa, os professores agendam um horário, a fim de que os pais possam pegar o kit de atividades impressas.

“Seguimos uma agenda. Na segunda, por exemplo, os professores da área de Linguagem postam as atividades e ficam no plantão, para tirar dúvidas com os alunos. Na terça os estudantes respondem e retornam as atividades para os professores. Na quarta é a vez das áreas das Ciências Humanas e Naturais, seguindo a mesma sequência. Por último, na quinta-feira, os alunos respondem, e na sexta retornam os conteúdos aos professores”, explica a coordenadora.

A iniciativa, que ao ser iniciada contava com a adesão de 70% do corpo docente, hoje envolver todos os professores da unidade de ensino, e contempla 100% dos estudantes, segundo aponta a diretora da escola, Ceiça Varela. “O trabalho que a coordenação pedagógica está desenvolvendo com os professores é de grande potencial. No meu ponto de vista, a coordenação pedagógica é o coração da escola e eu, enquanto gestora, sempre vou apoiar e participar das iniciativas em prol dos nossos discentes. Foi gratificante para nós irmos ontem a zona rural entregar as atividades remotas para eles”, avalia.


(Foto: Assessoria)
Mostrar mais
Veja Também


Mais Blogs
Mais Recomendadas